quinta-feira, 4 de maio de 2017

Presidente da junta só soube do desembarque em Angeiras uma hora antes do evento




"Soube deste evento de pompa e circunstância com a senhora ministra Ana Vitorino (PS), do sr. Presidente da Câmara Eduardo Pinheiro, dos candidatos (PS) à câmara e dos candidatos(PS) à Junta,  uma hora antes deste se iniciar!", foi assim que Rodolfo Mesquita, histórico presidente da União de Freguesias de Lavra, Perafita e Santa Cruz do Bispo, comentou o "desembarque" de ministros, altos funcionários públicos, autarcas, deputados e candidatos às próximas autárquicas na manhã desta 4.ª feira, na praia de Angeiras. A propósito do 46.º anúncio do Portinho de Angeiras.

"Hoje viveu- se um dia na Praia de Angeiras que merece ser por todos nós lavrenses comemorado erefletido. Comemorado pelo facto de vermos finalmente concluído um processo burocrático que, e ao contrário do que muitos querem fazer crer aos  lavrenses, se iniciou há muitos e muitos anos : o processo da construção do pontinho de Angeiras", escreveu ainda.

"Nunca será de maior justiça reforçar e enaltecer o verdadeiro e o mais empenhado obreiro desta obra, ainda por iniciar. Falo-vos de uma pessoa que infelizmente já não está no nosso meio, mas que está no nosso pensamento e no nosso coração, o Dr. Guilherme Pinto. A ele e só a ele poderei por certo falar por todos os lavrense o nosso muito obrigado, Dr Guilherme Pinto", sublinhou.

"Mas porque é que este dia, para além de ser comemorado, deve ser também refletido?
Este dia merece a mais profunda reflexão pelos danos que o atraso desta obra trouxe à freguesia, principalmente aos homens e mulheres que vivem dependentes do mar. Nascido e aqui criado, lembro- me das tragédias ocorridas, das lutas permanentes contra a força das ondas e do vento, e até mesmo da angústia de quem esperava aqueles bravos homens que no mar iam ganhar o pão. O dia merece ser refletido pela injustiça que o atraso desta obra causou nas famílias dos pescadores da Praia de Angeiras. Mas este dia merece ser também refletido pela quantidade de presenças neste evento de hoje. Presenças indiferenciadas, para não dizer eleitorais que fotograficamente se vieram expor à Praia de Angeiras. O dia merece ser refletido ainda pelo ensaio pré- eleitoral que muitos dos presentes quiseram deixar registado", rematou.
Enviar um comentário