segunda-feira, 17 de julho de 2017

Transportes e mobilidade. Afinal temos um problema!


Verifica-se em final de mandato que afinal Matosinhos tem um problema de mobilidade e transportes (vamos esquecer hoje o lixo, que é tema que já fede). O presidente de câmara em exercício, número dois na lista de Luísa Salgueiro do PS, lançou hoje um ultimato à Resende. Há anos que os matosinhenses sabem que o serviço desta transportadora está longe de ser perfeito e regista-se agora a preocupação do executivo. O que é mais estranho é que quem decida não saiba o que é depender da Resende para as deslocações diárias. São muitos os matosinhenses que dependem desta empresa para trabalhar e viver. O que se espera é que, tal como aconteceu nos lixos, não se troque o que não é bom por algo de pior. E que se atente aos postos de trabalho que a Resende criou a montante a a jusante. Ah, espera, o pelourinho respetivo tem tradição nesta área e certamente não vai fazer de conta que a realidade é apenas o resultado de uma ilusão de (partilha) poder.

Enviar um comentário