quinta-feira, 6 de julho de 2017

Pinheiro bravo


O pombalense que, inesperadamente, se transformou Marquês de Matosinhos prestou esta semana um grande favor a Narciso Miranda. Também estava na hora de render homenagem a quem vindo de Barroselas para S.Mamede de Infesta conseguiu ser presidente da câmara de Matosinhos durante 26 anos, a que juntou mais três como vereador.
Ora, o atual presidente da câmara veio dizer que Narciso Miranda está a tentar fazer-se passar por Guilherme Pinto pois usa o azul que foi a cor do grupo de cidadãos eleitores que elegeu o ex-líder da câmara na condição de independente. Mais, Narciso usa também como logótipo uma onda - a nós parece-nos mais um tornado. Para Pinheiro, o Dux de Bouças está a apropriar-se destes elementos absolutamente originais na tentativa de "baralhar o eleitorado", classificando tudo isto como "manobras" mas sem deixar de considerar o seu opositor um especialista.
Estava na hora de Eduardo Pinheiro sair da toca mas não foi propriamente feliz. Diria mais, nem feliz nem original...




Enviar um comentário