quarta-feira, 28 de junho de 2017

Quase 100 mil euros em estudos de opinião? A sério?


Estamos sempre a tomar conhecimento de coisas extraordinárias. O nosso obrigado mais uma vez ao deputado municipal Carlos Alberto Ferreira, que fez as contas aos estudos de opinião encomendados pela câmara desde no último mandato, sempre endereçados à famosa DOMP. São estudos de avaliação, entre outros, do índice de envelhecimento e do grau de satisfação dos munícipes. É pena que se gaste tanto dinheiro em estudos e se deixe o jardim de uma idosa que reside no bairro de Monte Espinho com o seu neto deficiente neste estado. Ou será que urge fazer um estudo de opinião sobre isto antes de convocarmos um jardineiro camarário?
De resto, cá fica a interpelação de Carlos Alberto à presidente da assembleia municipal de Matosinhos:

Na qualidade de deputado à Assembleia Municipal de Matosinhos, nos termos das disposições legais e regimentais aplicáveis, venho pela presente solicitar a V. Exa para que junto do executivo camarário diligencie o seguinte pedido de esclarecimento e obtenção de documentos solicitados:

Exma Srª Presidente, se as minhas contas estão certas, ao longo deste mandato 2013 / 2017, entre o Município de Matosinhos e empresas detidas a 100% pela autarquia, e a empresa DOMP, foi por ajuste directo a esta empresa adjudicados serviços (ver relação abaixo) no valor de € 94.540,00 + IVA.

Tratando-se de serviços no campo de estudos de opinião, pagos por dinheiro do erário público municipal, solicito a V. Exa que junto do executivo mandasse que me fossem facultados os estudos que já foram realizados, e os que ainda possam estar por concluir. Podem vir por esta via.

Os estudos objecto de ajuste directo, realizados entre a CMM e a empresa DOMP, que foram objecto dos contratos são os seguintes:
60/2014                 - €22.050,00 + IVA   de 01.06.2014
Matosinhos Habit   - €  9.720,00  + IVA  de 19.05.2015
119/2015               -  € 45.950,00 + IVA  de 03.09.2015
51/2015                 - € 16.820,00 + IVA   de 31.03.2017  

Enviar um comentário