sexta-feira, 2 de junho de 2017

O sagrado e o profano


Joel Cleto e o seu "fiéis" ficaram à porta do templo do Bom Jesus de Matosinhos ontem à noite, em mais uma jornada proporcionada pelo arqueólogo e historiador que sabe contar histórias. À Igreja o que é da Igreja pois o Estado, apesar de laico, tem muito respeitinho por ela e o respeitinho é muito bonito.

Enviar um comentário