quinta-feira, 22 de junho de 2017

A nova ETAR pronta a bombar


Faça-se justiça. Foi com Guilherme Pinto na qualidade de vereador com a pasta do ambiente e com Narciso Miranda como presidente da câmara que Matosinhos avançou, com fortes apoios comunitários, para a construção da sua ETAR e para a selagem do aterro sanitário. A ETAR construída no Aterro, entre as freguesias de Leça da Palmeira e Perafita, tornou-se entretanto obsoleta e a sua reformulação tornou-se prioritária. A obra leva mais de um ano mas está em fase terminal, com a nova ETAR a entrar em funcionamento em julho. Está prometido que o mau cheiro irá passar a pertencer ao passado. Esperamos para ver, tanto mais que, com sapatinhos de lã, a estrutura cresceu na direção do aglomerado populacional da Aldeia Nova/Cabo do Mundo, uma zona que não só leva com a ETAR mas também com os "derivados" da Petrogal.

Enviar um comentário