quarta-feira, 3 de maio de 2017

Só faltaram os bombos e foguetes em Angeiras




Foi de pé que António Parada, diretor da Doca Pesca de Matosinhos e antigo adjunto do Ministério do Mar, também vereador da Câmara Municipal de Matosinhos, assistiu esta manhã à apresentação, por Ana Paula Vitorino, do projeto de quase 4 milhões de euros que vai dotar Angeiras finalmente de um molho de cerca de 400 metros e de uma rampa para as embarcações que ali operam. Esta obra já foi anunciada 103 vezes mas parece que é desta que vai para a frente, podendo estar concluída em 2018. O evento contou com a participação de uma candidata às autárquicas já assumida, a deputada Luísa Salgueiro, que foi permanentemente empurrada para a primeira fila da comitiva embora se desconheça que papel desempenhou no desbloqueamento de um projeto que estava arrumado numa gaveta do Ministério do Mar e que só graças a alguns não se tornou numa situação parada para sempre.



Mas o povo é sereno e sabe sempre avaliar quem realmente está com ele, sobretudo fora destes ambientes de pompa e circunstância.



Enviar um comentário