sexta-feira, 12 de maio de 2017

A Brito Capelo não morreu porque há matosinhenses que não a deixam morrer (apesar de continuar a soro)


Hoje parece que vamos estar focados na Brito Capelo. Pois bem, é lá que "mora" a Universidade Sénior Florbela Espanca, onde muitos matosinhenses não se conformam com as facilidades do telecomando e aprendem todos os dias, divertindo-se ao mesmo tempo. A USFE é um dos fatores de animação da Rua Brito Capelo e é nessa rua que alguns dos seus elementos fazem as suas aulas de dança, especificamente no salão nobre do Orfeão de Matosinhos. O Orfeão é outro dos "contribuintes" para a animação da rua. Ontem à noite, por exemplo, ali tinha a funcionar o ensaio de uma peça de teatro, uma exposição de pintura, uma reunião dos seus elementos do grupo de pesca e uma reunião alargada da direção. Ou seja, o OM trouxe para uma rua que à noite muitas vezes é um pavor uma série de pessoas que ajudam na sua dinamização. É o que aconteceu ali ao lado com a Universidade Sénior, quase todos os dias. A rua tem ainda mais possibilidades e bem gostaria, por exemplo, de ali ver instalado um atélier coletivo coletivo, dando sequência a uma ideia do meu amigo Albertino Eduardo.

video

Enviar um comentário