domingo, 30 de abril de 2017

Na fogueira das vaidades vale tudo para fazer chama


Tivemos mais um jantar de gala na nossa cidade, se é que se pode chamar gala a um jantar de carne assada com batatas cruas. Nas marisqueiras não é esse o menu, já todos sabemos, mas o que importa mesmo nestes momentos é cerrar fileiras e sorrir para a fotografia. Mas o que eu gostava mesmo de saber é por que razão o empregado de mesa também teve direito a entrar na fotografia. O resto não é uma surpresa - apenas a confirmação de que a política é uma porca com muitas tetas.
Enviar um comentário