segunda-feira, 27 de maio de 2013

Bate Lev, levemente

Confesso que me senti tentado a espreitar o LEV deste ano, que regressou assim subitamente, depois de ter sido suspenso por razões orçamentais que presumo já foram superadas (se não for assim, passo a presumir que alguém descobriu petróleo fora da área da Petrogal). Mas desisti quando percebi que uma das vedetas convidadas era a senhora Pilar del Rio e, mais grave ainda, presente para falar de iberismo. Ora, se bem estão lembrados, a Península Ibérica não inclui a ilha de Lanzarote. Não sei o que a senhora disse mas presumo que deve ter sido mais do mesmo, ou seja, a tradicional azia de quem se sente acima dos outros e nunca devia abandonar a ilha onde se exilou. Mas nem preciso de adivinhar que a sua presença foi um enorme sucesso e que todos os presentes lhe bateram palminhas. Na parte que me toca, fiquei a dormir. E não me arrependo.
 


Enviar um comentário