sábado, 16 de março de 2013

Adesivos, aderentes e outros vermes

Exultam os apoiantes de António Parada e o próprio, presumo, com o atingir dos mil aderentes (também podiam ser tratados por adesivos) à página do candidato no projeto que visa entronizá-lo como conde de Bouças de Cima, de Baixo e do Meio. Para muitos mais de Baixo que do Meio ou de Cima. O mais curioso disto tudo é que, verifico agora, sou um desses mil. Estou lá porque gosto destas coisas das partilhas e das redes sociais. Bem, mas mil likes não vão de modo nenhum eleger Parada no outubro que se aproxima nesta corrida que por ora faz em solitário, à espera que Guilherme Pinto consiga apoios e que Narciso Miranda espere que Guilherme Pinto se decida. No PS profundo de Matosinhos o que se diz é que Narciso já decidiu e vai aparecer ao lado de Parada na campanha. Não sei. Acho que o Dux ainda está no jogo. Basta, aliás, consultar a sua página no Facebook e verificar os 5121 amigos que o Presidente tem, entre os quais também me conto, o que, confesso, me torna também um potencial adesivo.
Enviar um comentário