sábado, 23 de março de 2013

A refinaria de Matosinhos

O nosso presidente da Câmara postou no seu Facebook esta notícia e notei algum orgulho na intenção. Ok, a Refinaria da Petrogal passa a chamar-se Refinaria de Matosinhos? E depois? O que mudou? Nada. O risco sobretudo para os habitantes de Perafita e de Leça da Palmeira continua a ser alto e ainda estamos todos para saber, porque não interessa, os níveis de poluição no local. Cheira-me, repito, cheira-me que serão algo elevados... Sei também que dentro da Petrogal se faz um trabalho de excelência ao nível da segurança. Mas uma refinaria é sempre uma refinaria e, como todos sabemos, o perigo de acidente está sempre lá. É algo com que temos que viver mas eu, por exemplo, que vivo a 300 metros dos Aromáticos, gostava de ser convidado a visitar a refinaria e pôr os olhos num plano de emergência para o caso de acidente. Ou seja, gostava de saber para onde fugir, eu que em 7 anos de residência ao lado da "bomba" já assisti a cinco acidentes e nunca vi ninguém da Petrogal aparecer lá na rua a explicar o que se estava a passar...

Enviar um comentário