terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

TV Parada

 Parada já avança com a artilharia pesada enquanto a elite matosinhense casquina e rói as unhas. Custa um bocado ver um "pé descalço" bater o pé a uma aristocracia falida. Aos 24 minutos da entrevista, Parada encontra a pedra filosofal e resolve o problema do desemprego, a propósito de postos de abastecimento de combustível, cabinas de portagens e oficinas de automóveis, criando, assim, 300 mil postos de trabalho. Este homem definitivamente está a concorrer ao posto errado. Espero que alguém no Vaticano me esteja a ler.
Enviar um comentário