terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

O Punk

Não conheço nenhum matosinhense que não goste de Matosinhos. O que acontece é que muitas vezes Matosinhos não gosta dos matosinhenses. O meu amigo Jorge Moreira, mais conhecido por Jorge "Punk", é um daqueles que gostam muito de Matosinhos talvez porque há mais de 20 anos que trabalha no estrangeiro sem nunca ter perdido a ligação à sua terra e aos seus amigos, apesar de alguns períodos em que desaparece em combates que temos de entender devido ao avançar da idade e à acentuada queda de cabelo. Reparem nesta foto. O Punk está apenas a proteger-se do Sol depois de uma  visita à Casa de Chá da Boa Nova no tempo em que esta podia ser visitada, pois hoje está entregue à bicharada. Vem isto a propósito do facto de recentemente, graças ao Facebook, que não serve apenas para combinar umas quecas, como se vê, um grupo de rapazes do meu tempo do liceu de Matosinhos se ter reunido na Adega Leixões não tanto para recordar velhos tempos mas sobretudo para conversar um pouco das nossas vidas. Faltou lá o Punk. Mas acredito que estará no próximo encontro. Temos saudades dele. Mais a mais, sem a sua presença não vou ter ninguém a quem dar um chocho.
Enviar um comentário