segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

O Pirata da Amorosa

O presidente da Junta de Freguesia de Leça da Palmeira é um daqueles políticos de berço. Ou seja, antes de dar o primeiro berro afirmou-se como um político de carreira, quiçá erguendo o punho... Pedro Sousa foi o primeiro presidente de junta que conheci que fez questão de transmitir em direto as assembleias leceiras. Suponho que terá tido uma audiência residual mas o que contou foi a intenção. É sempre muito interessante ver e ouvir o José Modesto perorar sobre petroleiros e cocó de canino. Não moro em Leça da Palmeira, embora seja o meu lugar preferido do concelho, pois aí cresci e aí vive mais de metade da minha família, mas consigo perceber  que Pedro Sousa se esforçou para deixar obra. Todos os presidentes de junta têm orçamentos reduzidos e dependem da boa vontade dos executivos camarários mas gostei de ver a funcionar na sede da junta uma miniloja do cidadão que já me fez muito jeito, gostei das feiras do livro, da homenagem ao senhor Ferrinha e dos Piratas na fortaleza de Nossa Senhora das Neves. Suponho que Pedro Sousa não se ficou por aqui. Suponho também que será de novo o candidato do PS. Merece-o. Quanto mais não seja, é um autarca que não se disfarça e cuja imagem pública é aquilo que é.
Enviar um comentário