domingo, 6 de fevereiro de 2011

RESPOSTA DE JORGE "PISCO"

Não me importa quem é você, só sei que “António Teixeira” é um imbecil, os anónimos são gente estúpida, cobardes, gente sem carácter.
Este anónimo “António Teixeira”, já por várias vezes, em outros blogues CP, e PL, cita o “Pisco” referindo-se à minha pessoa pela alcunha e uma pessoa ao dirigir-se a outra pessoa rotulando-a, é gente de baixo calibre. Apenas pretendo e gostaria de lhe dizer, tendo em conta que não costumo nem ler, nem responder aos cobardes anónimos, esta é a minha segunda resposta ao “clandestino António Teixeira”, só escrevo estas palavras preambulares e que jaz velada, pois apetecia-me responder-lhe de outra forma mais fervente.
Não queria tanto discorrer sobre anónimos ou a nomes forjados, apesar de mais uma vez, este anónimo A.T. cita a minha alcunha como sou conhecido “Pisco” no seu comentário sobre o artigo “A NOSSA BIBLIOTECA”.Discordo do seu comentário e o mesmo não corresponde à verdade, salientando que o artigo de EUGÉNIO QUEIRÓS, frequentador assíduo da Biblioteca, está muito bem escrito, valorizando aquele espaço em Matosinhos, importante para o desenvolvimento intelectual de cada um de nós (nem todos o merecem!).
Os factores negativos que aponta são falsos, dado que actualmente os responsáveis da Biblioteca, têm-se esforçado a melhorar aquele espaço cultural para melhor servir os utentes. Factos que o anónimo A.T. não conhece, como: as obras literárias existentes na Biblioteca, as iniciativas para crianças, como a hora do conto em todos os primeiros sábados de cada mês como as iniciativas para adultos e jovens o “LEV” a “FESTA DA POESIA” e os lançamentos de livros, conferências, etc., etc.
Daquilo que tive oportunidade de ver e assistir, os actuais responsáveis da Biblioteca, pelo seu conhecimento e experiência têm-se envolvido em aplicar o seu melhor com rigorosos métodos para servir melhor a cultura e os seus frequentadores dando a estes melhores condições.
Quanto à minha saída da biblioteca, nada tem a ver com o ridículo comentário, a minha saída já estava há muito anunciada
, fui colocado num lugar onde naturalmente os responsáveis acharam que podia ser muito mais útil, nestas minhas novas funções.
No que se refere ao CCDPMM, continuo a manter a minha posição de falar do CCDPMM no lugar próprio, mas pelos vistos, temos um anónimo atento, será funcionário da CMM?! Se o é, então intervenha nas assembleias.
Vamos ficar por aqui, gastar cera, com anónimos, é badalar com estúpidos. Não se preocupem com o “PISCO”, ou melhor dizendo, desista de falar do JORGE CARVALHO, este não fica afectado, já resistiu a muito.
Anónimo A.T. as minhas piores horas são aquelas que o meu estômago dá!
Deixe-me desempenhar as minhas funções com responsabilidade neste meu novo posto «CÚBICULO DE PORTARIA, onde há mais filosofia do que em todos os tratados do Mundo» e receber, como tem acontecido, a simpatia de todos, mas de todos, os meus colegas que lá trabalham, bem como pelos outros locais por onde tenho passado.
Os meus cumprimentos
Jorge Carvalho
Enviar um comentário