domingo, 28 de novembro de 2010

FOZ CÔA


Para além da neblina, o caminho continua.
A arte paleolítica do Côa musealizada com excelência.
Os painéis com gravuras já ultrapassam as mil unidades.
São três horas de caminho desde o Porto (com muito para ver pelo meio).
8.50 euros custa a entrada, com mais 3 euros pode visitar-se o núcleo da Penascosa.
Acreditem, vale a pena.
Enviar um comentário