domingo, 26 de setembro de 2010

CRIME, DIGO EU


"De um modo geral, a qualidade ar na região onde se insere o Projecto, de acordo
com os trabalhos de campo e bibliografia consultada, poder-se-á classificar como
média, sendo de salientar que o poluente atmosférico mais vezes responsável por
esta classificação são as emissões de partículas (PM).
Outros aspectos também importantes, são os fenómenos episódicos de SO2 e NO2
que se registam nesta região. É também de destacar, pela negativa, que a ocorrência
de dias com uma qualidade do ar classificada como Muito Boa é inferior aos dias em
que a mesma classificação aponta para uma classificação de Má qualidade.
Os principais contribuintes com poluentes atmosféricos nesta região, são as
industrias, o Aeroporto Francisco Sá Carneiro e o tráfego automóvel."


Estudo da GALP, em 2002, sobre a zona Norte (em relação à Petrogal) do concelho de Matosinhos.


Obviamente, dispensa comentários...

Enviar um comentário