segunda-feira, 26 de abril de 2010

MATOSINHOS BRILHOU EM LONDRES


António Pinto, o nosso campeoníssimo maratonista, que já viveu em Matosinhos, Mário Ferreira, que dispensa apresentações, Carlos Marinho, um professor de matemática exemplar e um matosinhense também de gema, e Paulo Catarino, o melhor asa do atletismo português e outro dos nosso com obra feita na gestão dos pavilhões da MatosinhosSport, correram este domingo a maratona de Londres. Não foi uma daquelas palhaçadas que alguns políticos costumam fazer disfarçados de runners, foi uma coisa a sério, que obrigou Mário Ferreira a perder 20 quilitos e a correr muitos quilómetros. Só assim a equipa conseguiu acabar a maratona londrina em menos de duas horas e meia, com o Mário a dar quase meia hora de avançado a sir Richard Branson, o homem que o vai levar ao espaço. O que é surpreendente é Matosinhos com gente que pensa tão alto continuar a ser o que todos sabem que é, isto é, uma cidade socialmente deprimido e apenas alinhada com as tendências culturais. Mas isto já sou eu a falar quase à meia-noite depois de me ter levantado às seis e corrido Londres de ponta a ponta. Infortunadamente não levei conta-quilómetros, caso contrário talvez coubesse no grupo aqui retratado.
Parabéns rapaziada. Para além da proeza, o convívio foi magnifico.
Enviar um comentário