terça-feira, 9 de março de 2010

SOL NA EIRA

Verifico, com prazer, que o passadiço está quase a unir a Boa Nova ao Cabo do Mundo. Uma osmose perfeita, rumo à requalificação total da orla costeira de Matosinhos, desprezada durante todos aqueles anos durante os quais o mais importante foi o betão armado por especuladores imobiliários e por construtores civis que muito jeito deram no financiamento de um partido que todos conhecem. Finalmente começamos a perceber que o serviço público não é apenas servir-se do público.

Deixem-nos, pois, gozar esta breve réstea de Sol.
Enviar um comentário