quarta-feira, 4 de novembro de 2009

SENTIMENTO DE POSSE




Como todos já sabem, Guilherme Pinto tomou posse como presidente da Câmara e Narciso Miranda como senhor vereador. Não é a primeira vez que Narciso é vereador pois pois assim que começou a sua fulgurante carreira de autarca, numa equipa então liderada por Mário Maia, depois dos estihaços do PREC. Durante 25 anos e um mês, com um intervalo de quase um ano quando se tornou secretário de Estado das docas secas e molhadas, Narciso Miranda nunca recusou a imagem de "Senhor de Matosinhos", alcandorando-se a um plano de divindade que, afinal, não era tão firme quanto isso. Com 30% dos votos expressos, Narciso ficou a dez mil votos de uma vitória por muitos anunciada e agora, como diz o povo, tem de meter a viola no saco. Estando visto que afinal o grande vencedor das eleições não foi nem Guilherme Pinto nem o PS. O grande vencedor foi Guilherme Aguiar. Apesar do PSD ter conseguido o seu pior score de sempre, o ex-autarca de Gaia e comentador desportivo vai ser vereador com pasta (a do desporto, criada especialmente para si) enquanto o n.º2 das listas dos laranjas vai para a administração da Matosinhos Sport e o líder do CDS para a direcção da Matosinhos Habit. Guilherme Pinto foi pródigo na negociação, não deixou margem para fugas, tanto mais que do outro lado eram acenadas algumas benesses. Calejados nestas vidas, Aguiar e Cardozo não acreditaram em promessas que se quisessem cobrar teriam de se colocar no fim de uma longa fila. O resultado está à vista. O PS vai governar sem problemas, o PSD vai colaborar , integralmente e a coligação "Matosinhos Sempre" vai apresentar moções que serão liminarmente rejeitadas a não ser que, como é característico de um dos seus elementos, as mesmas versem a solidaridade com o povo de Sumatra ou com as criancinhas das favelas brasileiras.
Neste entretanto, tenho reparado que a sede do movimento "Matosinhos Sempre" continua em actividade. É pena que não abra à noite para ali podermos tomar uns copos. O espaço é muito agradável.
Enviar um comentário