quinta-feira, 24 de setembro de 2009

DUX DE LUX


Esta tem ficha técnica, pelo menos fazendo fé nos dados que entraram no meu mail:


Narciso Miranda 353 votos 44%
PS 172 30%
PSD/CDS 123 21%
CDU 7 3%
BE 5 2%


A "sondagem" foi realizada no dia 21 e 22 de Setembro de 2009, com o objectivo de conhecer a intenção de voto da população do concelho de Matosinhos para as próximas eleições autárquicas.O universo é constituído por indivíduos de ambos os sexos, sendo que 51,2 por cento são mulheres.No total, foram feitas 660 entrevistas pessoais com simulação de voto em urna.Os inquiridos têm idade superior a 18 anos e estão recenseados para efeitos eleitorais.O erro da amostra para um intervalo de 95 por cento de confiança ronda os 5,4 por cento.


Bem, afinal quem é que tem razão? O que me parece é que todas as sondagens e "sondagens" apresentam resultados muito maus do PSD, sendo que a coligação dos laranjas com o CDS, em Bouças, normalmente vale 29/30 por cento. Não quero crer que o "efeito Aguiar" provoque tanta erosão nesta base do eleitorado. Por isso, acredito que se o PSD não conseguir ganhar 4/5 pontos ao seu score normal vai ser novamente o primeiro dos últimos, faltando saber quem é que vence com 34/36 por cento. Obviamente, cada um puxa a brasa à sua sardinha. Nós por cá vamos apenas mantendo a linha aberta. Porque esta é uma casa arejada e que apenas segue as eleições com curiosidade etnográfica e, presumo, algum impacto entre as várias campanhas.

ESCLARECIMENTO: Aqui se referiu que a "sondagem" teria sido realizado por uma empresa com prestígio no mercado, o que verifico agora não ser verdade. De facto, o nome da empresa não deveria ter sido associado a mais esta "tentativa" de animar as hostes. Pelo lapso, cá ficam as minhas desculpas. Reforçando a mensagem: o que por aqui se vai lendo, em termos de "dados", é que, daqui e dali, os interessados vão atirando para este blogue. E quanto a "sondagens" e "fichas técnicas" penso que ninguém poderá levar a sério o que aqui se vai reproduzindo. Sondagens são sondagens, custam muito dinheiro e quando feitas com seriedade saem do corpo de quem as faz. Não brincaremos, pois, com coisas sérias. Se é que quando a picardia ganha esta dimensão a seriedade é para aqui chamada...
Enviar um comentário