quarta-feira, 17 de junho de 2009

TRIO DE ATAQUE

Eu, a Cristina Aguiar (O Jogo) e o Nuno Vieira (A Bola) em plena tertúlia leixonense, segunda-feira à noite, numa foto "roubado" ao blog do Leixões, que estava em cima do acontecimento. Com casa cheia, o tema era o Leixões e os jornais desportivos e muito se falou nele, com uma paragem para relax na análise da antepenúltima página de O JOGO (não, não, a Cristina não vai posar). O debate foi vivo, durante muito tempo a mesa esteve apenas a assistir de palanque às trocas de impressões da plateia e falou-se de tudo, sem tabus. Aqui o rapaz causou algum frisson quando disse ter uma simpatia pelo Benfica depois de conseguir falar e falar de um determinado clube sem citar o respectivo nome. O Nuno esteve brilhante pois rebateu uma a uma as queixas de alguns dos presentes, que ficaram a saber que só perdem por não ler jornais. Falou-se da saída de Vítor Oliveira (a quem alguns chamavam traidor na fase de rescaldo), da saída do assessor de imprensa Sérgio Teixeira (um bom amigo) e do "novo" Leixões. Acho que não fui politicamente correcto quando elogiou o leixonismo de alguns antigos presidentes - Américo Jorge e José Manuel Teixeira - mas confesso que só quis saber se a tertúlia, que comemora um ano de vida, é ou não, como alguns dizem, o braço armado de Carlos Oliveira. Suspeito que não tendo em conta a diversidade de opiniões e até algumas críticas. Foi pena o presidente não ter estado presente mas deu para ouvir Rui Costa afirmar que não há propostas para Beto, coisa que um tal Eugénio Queirós considerou uma aberração tendo em conta que estamos a falar apenas do melhor guarda-redes português do momento. Enfim, foi uma noite muito bem passada na companhia da Cristina...do Nuno e dos restantes. Prometo estar presente na próxima tertúlia mas na plateia.

PS - Já no fim, não resisti e fiz uma pergunta à assistência, para avaliar um possível impacto no Leixões de uma hipotética eleição de Narciso Miranda como presidente da câmara, em Outubro, e fui surpreendido pela reacção imediata de "Narciso nunca mais". Terá sido impressão minha ou esta sondagem correu mal?
Enviar um comentário