terça-feira, 9 de junho de 2009

AS EUROPEIAS E BOUÇAS


Nas europeias que já lá vão, o PS conseguiu em Matosinhos quase mais dez pontos que a sua média nacional. Confirma-se o concelho de Bouças como um bastião socialista e também como um concelho urbano pois aqui o Bloco de Esquerda já está acima dos 12 por cento. Sendo este um resultado mau para o PS de Sócrates, acaba por ser um resultado animador para o PS de Guilherme Pinto. Um pouco mais de 35 por cento pelo menos não é desanimador, está mais ou menos no "soco" que define o paleossolo dos xuxialistas em Matoses. Consiga Guilherme Pinto este "score" em Outubro e será ele o novo presidente da Câmara Municipal de Matosinhos mas, claro, todos sabemos que vai ser difícil pois o PS corre aí sérios riscos de fractura nas migalhas que ainda tem para distribuir. Ok, lá mandamos o avô Cantigas para Estrasburgo e isso até acabou por ser o melhor destas eleições nas quais vimos Paulo Portas a chorar de alegria embora o seu partido tivesse tido menos votos que a percentagem de nulos e brancos. Cada um agarra-se ao que pode, é verdade.
Falta dizer que o maior partido matosinhense é agora o Partido dos Abstencionistas, cujo lema passa a ser "não pude votar porque estou com gripe".
Enviar um comentário