quarta-feira, 8 de abril de 2009

OBRAS E OBRADORES

Pedro Taboada está a fazer um inquérito junto da população de Leça sobre o arranjo da Avenida Antunes Guimarães (junto ao porto de Leixões), o que surge como uma espécie de resposta ao facto quase consumado já apresentado por Guilherme Pinto, que ali quer fazer uma pista para ciclistas e para...cavalos. Sendo esta uma das entradas/saídas mais importantes em Leça da Palmeira trata-se, evidentemente, de uma questão sensível e que merece a atenção de todos. Chamar a população para este debate apenas dignifica a democracia, embora muitas vezes este tipo de apelos ao nosso sentido cívico não passe de pretexto para lutas intestinas. E é essa precisamente a minha dúvida. Porque raramente vejo os políticos a andarem de porta em porta tentando perceber como os seus munícipes ou fregueses se sentem a viver no lugar onde vivem e o que gostariam de fazer para o melhorar. O stress da política e o frenesim da luta política, aceito, não deixam muita margem de manobra. E, claro, o tempo que nos vai sobrando também não nos deixa meter tanto o nariz onde de facto somos chamados, situação apenas a evitar quando o assunto é saneamento público...ou privado. E por falar em saneamento, finalmente a "minha rua" vai tê-lo. As máquinas já estão no terreno e quem vive lá à espera da conta que não devia pagar pois foram muitos anos a pagar taxas de saneamento com os esgotos a serem despejados em fossas particulares...
Enviar um comentário