sexta-feira, 31 de outubro de 2008

OLIVEIRA, O IMPARÁVEL







Foto reportagem Luís Vieira Estive ontem no mercado de Matosinhos e pasmei.
Carlos Oliveira confirma-se como um verdadeiro homem do povo. Distribuiu carisma e cachecóis junto às bancas das hortaliças e depois na zona do peixe. Beto, Bruno China e Roberto tentaram acompanhar a pedalada do presidente da SAD.
Também por lá passou Guilherme Pinto e parte da sua equipa. Uma presença discreta, quase marginal, com o presidente da Câmara e a sua "entourage" apenas a ver como paravam as modas.
Carlos Oliveira quis agradecer ao "povo do mercado" o entusiasmo e o apoio. Fez bem. O povo gosta de ser reconhecido e correspondeu. Os cachecóis não chegaram para todos...
Ainda fiquei na expectativa de ver um determinado sócio ilustre "que não paga quotas há 32 semanas" aparecer ali por acaso para comprar nabos. Debalde. Não foi visto nas imediações. Também comecei a ficar mais calmo quando percebi que estava no mercado do peixe e não na lota. Será que estou a falar do mesmo personagem que assistiu ao FC Porto-Leixões num camarote e que não festejou os golos da nossa equipa?

[em breve, fotos do evento]
Enviar um comentário