segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

PLACAS

Não liguem ao que está em primeiro plano, é apenas o famoso JPunk a tapar o Sol com as mãos.
Atrás dele, o que interessa.
A placa a assinalar o autor da obra (Casa de Chá da Boa Nova) e também a remodelação empreendida no tempo em que o presidente da câmara era Narciso Miranda (o que parece ter sido já há muitos séculos...).
É tempo de Matosinhos acabar com estas coisas. De tirar as placas de circulação. Poluem a paisagem, conspurcam os monumentos. E relegam para plano secundário o meu principal amigo.
Não está bem.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

LUÍSA SALGUEIRO SEMPRE NA BRECHA

sábado, 18 de dezembro de 2010

MAIS UM ARTIGO DE JOSÉ MODESTO

DO FUTEBOL PARA O FUTEBOL

Esta semana os Matosinhenses e os Leceiros, ficaram a saber que a CMM iria adquirir os seus estádios.
O estádio do Leixões e o estádio do Leça Futebol Clube. Até aqui nada de novo, o que me surpreende é
que quase todos os clubes devem dinheiro ao fisco…porquê?
Como Leceiro e amante do desporto até posso concordar com a medida, já que durante anos a CMM esteve
na actual SAD do Leixões, quando nunca deveria estar, beneficiando assim um clube em detrimento dos outros.
Quando os clubes da nossa cidade não ofereceram a capacidade de gestão necessária, e como consequência,
não conseguiram suportar a propriedade de infra-estruturas publicas, como foi o caso destes dois clubes,
penso que é correcta e legitima a iniciativa pública de adquirir estas propriedades em substituição dos erros que durante anos
pareceu existir nestes dois clubes.
Estando em causa propriedades construídas com recursos colectivos (sócios) e encontrando-se os processos a serem executados
fiscalmente (fisco), no caso para pagarem responsabilidades de impostos que não puderam ser satisfeitos, não fará por isso sentido,
uma outra escolha senão esta que a CMM pensa tomar.
Em consequência dos referidos propriedade construída com recursos colectivos, que se encontra a ser executada fiscalmente, no caso para pagar responsabilidades de impostos que não puderam ser satisfeitos. Não fará por isso sentido, até, outra escolha. Mas, em consequência desta iniciativa, não deverá ocorrer nenhum tipo de interferência interna, do ente público, sobre o/s ente/s associativo/s privado/s.espaços serem municipalizados e depois cedidos aos clubes, não deverá ocorrer nenhum tipo de
Interferência interna, do ente publico, sobre os ente associativos privados.
Devendo somente existir a regulamentação da utilização destas duas infra-estruturas de forma a se promoverem objectivos de justiça e
equidade do seu usufruto, pelas populações.

É uma falta de responsabilidade esperarmos que alguém faça as coisas por nós, por eles , obviamente que não fazemos
o que queremos, mas também somos responsáveis pelo que fazemos, por aquilo que estes clubes fazem.

A maneira de ajudar os outros é provar-lhes que eles são capazes de pensar de agir, o Leixões e o Leça Futebol Clube
devem de ter esse papel de agir de uma forma altruísta e que essa forma nunca seja exagerada sob a responsabilidade dos mesmos se
desmoronarem…
A atenção terá que ser redobrada, já que apesar de eu não ser sócio de nenhum dos clubes, não posso e nem devo estar á margem do que se passou.
Cada Um, Todos nós, somos responsáveis…eles os clubes também o são

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

NOVO MONUMENTO EM MATOSINHOS


PdL sabe que a autarquia matosinhense encomendou uma estátua igual a esta para colocar no lugar da Anémona, que será transplantada para o lugar mais obscuro da freguesia de Custóias.
Como todos já perceberam, o monumento será uma homenagem ao dux que governou Matosinhos durante quase 30 anos, baptizado de "Lenine" pelo famoso António Tavares.